SAMPAIO TAMBÉM PROTOCOLA DENÚNCIA CONTRA SÃO BENTO NO STJD

A vida do São Bento não será nada fácil nesta reta final de Campeonato Brasileiro da Série B. Motivado pelo Paysandu, o Sampaio Corrêa protocolou nesta terça-feira uma denúncia contra o Bentão no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Assim como o Papão, o departamento jurídico da Bolívia Querida alega que o atacante Gabriel Vasconcelos atuou de forma irregular em cinco jogos nesta Série B – contra CSA, Goiás, Figueirense, Guarani e Londrina. O Bentão corre o risco de perder 15 pontos – três por cada partida – e assim cair para a lanterna.

A alegação do Sampaio Corrêa é a mesma do Paysandu: Gabriel Vasconcelos seria o sexto jogador contratado do Paysandu junto a outros clubes da Série B. O Artigo 8 do Regulamento Específico da Competição permite no máximo cinco transferências entre integrantes da mesma divisão.

Antes da chegada de Gabriel Vasconcelos, o São Bento havia contratado cinco jogadores junto a clubes da Série B: os laterais Tony (Ponte Preta) e Samuel Santos (Figueirense), o zagueiro Douglas Mendes (Paysandu), o volante Abuda (Figueirense) e o atacante Joãozinho (Vila Nova).

NA ESPERA

O advogado e vice-presidente de Operações do Paysandu, Alexandre Pires, revelou que aguarda uma posição do STJD nesta quarta. A Procuradoria aguardava informações da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para analisar melhor o caso e resolver se vai aceitar ou não a denúncia.

Se fosse punido com a perda de 15 pontos, o São Bento seria o novo lanterna da Série B, com 28. O Juventude tem 35 e deixaria a zona de rebaixamento, enquanto o Sampaio Corrêa, com 32, subiria para a 18ª colocação.

Deixe uma resposta