JOGADOR MARANHENSE É CONVOCADO PARA A SELEÇÃO BRASILEIRA NOS JOGOS AMISTOSOS CONTRA A ARGENTINA E ARABIA SAUDITA

Pelo Corinthians, Pablo foi campeão Paulista e Brasileiro — Foto: Reprodução.

Nascido em São Luís, revelado pelo Ferroviário-CE, campeão brasileiro com o Corinthians em 2017 e convocado para a Seleção Brasileira. Este é um breve histórico do zagueiro Pablo, atualmente no Bordeaux, que foi uma das novidades da última convocação do técnico Tite para os amistosos contra Arábia Saudita e Argentina, nos dias 12 e 16 de outubro.

A convocação foi tão inesperada que até o zagueiro admite a surpresa. Em meio aos sentimentos, Pablo já pensa em como fazer para que essa seja a porta apenas de entrada para a Seleção Brasileira.

– Foi bem surpreendente mesmo. Surpreendente pelo meu trabalho, por tudo que tenho feito, desde o Coritinhians e aqui no Bordeaux. A gente acredita, sempre almejando coisas boas, mas foi surpreedente porque não esperava. Ninguém falava nada sobre isso. Na época do Corinthians chegaram a falar um pouco sobre isso, mas agora nem se falava. Foi muito surpreendente. Uma surpresa muito boa e de uma forma que faz eu saber que estou no caminho certo. Vou continuar trabalhando para manter uma regularidade e permanecer na Seleção Brasileira, que é o mais importante.

Além da primeira oportunidade na Seleção, a convocação de Pablo é especial para o defensor pelo fato de marcar a volta de um maranhense após sete anos às listas de convocáveis. A última vez que isso ocorreu foi com o atacante Elkeson, que defendia o Botafogo em 2011 e foi convocado para o Superclássico das Américas.

Vale lembrar que na época, a Seleção Brasileira convocado para o desafio contra a Argentina contava apenas com jogadores atuando no país. Considerando convocações sem restrições, o meia Jackson foi o último maranhense presente na Seleção, quando foi chamado em 1998 para três amistosos.

– Me sinto muito honrado por ser um mararanhense convocado depois de muitos anos anos. Fico feliz por levar o nome do nosso Estado e de São Luís para o mundo. Espero que deixe marcado na história e para isso vou trabalhar e me dedicar muito – disse o defensor.

Na carreira do zagueiro, a convocação chega após um ano repleto de conquistas. Em 2017, foi campeão Paulista e Brasileiro com o Corinthians, apesar de ser afastado na reta final do campeonato por causa das negociações para renovar o empréstimo. Hoje, de volta ao Bordeaux, o defensor reforça que fez todo o possível para permanecer no clube paulista e agradece ao período que o ajudou a reconquistar o espaço no clube francês.

Deixe uma resposta