Peri-Mirim – Funcionários invadem gabinete do prefeito em busca de salários atrasados

dff0d0de-33f4-4054-b7b8-73f18de06323

Funcionários que invadiram a Prefeitura de Peri-Mirim

Hoje (06) logo nas primeiras horas da manhã, um grupo de professores efetivos invadiram o prédio da Prefeitura municipal de Peri-Mirim, na ação, os educadores cobram dois meses de salários atrasados na atual gestão do Dr. Geraldo Amorim.

9de55e85-0f3f-4cc7-b577-8a24236a7c17

Os Professores e outros funcionários que estão na mesma situação haviam ameaçado de invadir a prefeitura há alguns dias atrás e, hoje resolveram cumprir a palavra dita e empenhada. Os funcionários reinvidicam dois meses de salários atrasados, além de perseguição politica por parte do gestor às pessoas que não votaram nele na última eleição municipal.

Segundo o professor, desde janeiro muitos professores estão sendo perseguidos pelo atual gestor. (Segue denuncia abaixo).DEPBom dia. Gostaria de fazer uma denúncia sobre o gestor Jose Geraldo Amorim Pereira, prefeito do município de Peri Mirim. Nunca senti tanta vergonha do meu município como estou sentindo nesses dias. Sou funcionário público do mesmo, no cargo de auxiliar de serviços gerais, e, por meio desse desabafo venho expor a minha indignação e de muitos outros amigos funcionários que não sabem mais o que fazer perante o problema dos salários atrasados. Somos pais e mães de famílias e temos que honrar os nossos compromissos, mas como honrá-los se não temos dinheiro para tal “façanha”. Nós não trabalhamos por esporte e sim porque precisamos. Imagino todas as famílias que dependem da prefeitura de Peri Mirim, principalmente nós novos efetivos do município, não temos pelo menos nem a promessa de receber o nosso salário.  Agora falando como cidadão me sinto enojado por ver o meu município assim, bonito por fora, mas esfacelado por dentro, por causa da incompetência de poucos, e muitos pagam. Sei que muitos queriam desabafar, mas têm medo de retaliação, só que chega uma hora que o senso crítico engasga e você quer regurgitar. Espero que tudo se resolva da melhor maneira possível, mas o fato é que esse episódio eu nunca esquecerei é nessas horas que eu me pergunto, “o que eu fiz com o meu voto?”. Gostaria de uma resposta sobre o caso.

Denuncia feita ao Portal de Noticias João Filho.

PERI1

Deixe uma resposta