Crime Ambiental em Pinheiro: Palmeiras de Babaçu estão sendo cortadas

índicet

Foto: Denis Portal maranhense

Um gravíssimo crime ambiental está sendo realizado em Pinheiro sob a vista das autoridades e do Ministério Público. As Palmeiras de Coco Babaçu estão sendo cortadas diariamente no Parque do Babaçu e ninguém faz absolutamente nada para conter os crimes.

De acordo com o Projeto de Lei 231/2007, do deputado Domingos Dutra, a pessoa que for pega cortando palmeiras de babaçu estará sujeito a sanções civis e administrativas, além das penalidades previstas na Lei de Crimes Ambientais (9.605/98).

De acordo com essa lei, quem cortar ou transformar madeira de lei em carvão será punido com reclusão de um a dois anos, já quem comprar madeira ou carvão sem exigir a licença do vendedor será punido com detenção de seis meses a um ano. O projeto destina o dinheiro arrecadado com as multas à recuperação de áreas degradadas e a políticas de fomento ao extrativismo de babaçu. Além disso, permite a desapropriação das terras dos infratores.
Mais o que se ver em Pinheiro é totalmente o contrário, a prefeitura estar derrubando as palmeiras para serem utilizadas como trapiche de pontes nos interiores, e ninguém faz nada para coibir estes crimes.
As fotos, registrada pelo fotógrafo e correspondente do Blog do Professor Sandro Lima, Paulo Vieira, mostra a tristeza do crime praticado no parque do Babaçu, onde foram devastadas e derrubadas quase todas as palmeiras.
O Parque é famoso por já ter abrigado a EXPOAPI e o Parque Folclórico de Pinheiro em épocas passadas, mas também, por ainda ser a única área verde preservada ou quase, na zona urbana do município.
Atenção autoridades o Parque estar pedindo socorro!!!
índicee

Foto: Paulo Vieira

índiceee

Foto: Paulo Vieira

índiceeeee

Foto: Paulo Vieira

índiceeeeeeee

Foto: Paulo Vieira

índiceeeeeeeeeeeeee

Foto: Paulo Vieira

índicer

Foto: Paulo Vieira

Deixe uma resposta