Eleições 2016: Debandada geral, ex prefeito Zé Arlindo e outros filiados esvaziam o (PP) após anuncio de filiação de Luciano

zerarlindo-cnDe olho nas eleições do próximo ano, os políticos se debruçam, nos próximos dias, no campo das decisões sobre filiação partidária. Pela legislação em vigor, o prazo para escolher um partido com direito a disputar a eleição em 2016, para prefeito ou vereador, termina no próximo dia 02 de Abril. Conforme Lei sancionada pela presidente Dilma Rousseff que reduz para seis meses antes do pleito o tempo de filiação a um partido político, para disputar eleição.

Em todo caso, a maioria já se organiza, deixando a mala arrumada e a passagem reservada para outro partido. Alguns, por insatisfação, outros, por acomodação política, o movimento de troca de partido deve esvaziar algumas siglas desgastadas, como o PP, e engrossar outras.

E de olho nessa movimentação, a ordem, na sede dos partidos, é ir à caça de filiados, engrossar fileiras, conquistar reforço para fortalecer a legenda. Valem plantões de filiação, carro de som nas ruas, visitas ao interior e até promessa de cargos diretivos nas legendas, e de candidaturas majoritárias, para aqueles mais aquinhoados eleitoralmente.

QUEM SAI

O sindicalista Alessandro, mais conhecido como Alessandro de Pacas já sinalizou que vai deixar o PP. “Às vezes não é a gente que sai do partido. É o partido que sai da gente”, disse ele, hoje, em conversa informal.

Outras vezes em conversas o companheiro sempre deixou bem claro que se o partido permanecesse junto ao grupo o qual estar ligado hoje, ele sairia, por incompatibilidade e incoerência de ideias. ele já decidiu a sua saída e de mais 50 outros filiados do partido progressista em Pinheiro.

“Vou conversar com Leonardo e ver a melhor legenda para minha filiação, o PP já ficou pra tràs, estava apenas aguardando uma definição do partido, já que sinalizou com o apoio a Luciano, eu saio por não concordar com esse projeto pra Pinheiro, e ainda reunirei com mais de 50 pessoas que eu filiei e os deixarei a vontade para decidirem, mas acredito que saiao comigo também do partido” afirmou Alessandro de Pacas.

Potencial candidata às eleições majoritárias deste ano, sondada por alguns partidos, a vereadora Selma da Colônia, também deixará o PP sigla a qual se filiou no mês de agosto do ano passado.

O ex prefeito Zé Arlindo que recentemente também filiou-se ao PP deve deixar o partido e levar com ele outros partidários os quais ele mesmo teria filiado, é incerto ainda para qual outra legenda devem estar de malas arrumadas, porém as saídas de todas essas pessoas do Partido Progressista só deixa claro uma coisa: Quem parecia aliado, vai se tornar inimigo.

Tudo vem a tona justamente quando o pré candidato Luciano Genésio confirma mais uma vez, sua mudança de partido, isto, pela terceira vez consecutiva em menos de dois anos. Justamente quando assina com o Partido Progressista (PP) segundo ele para disputar as eleições, aí vem o revés, debandada geral dos já filiados, que estão de passagens compradas e carimbadas para as hostis dos partidos que formam a base da pré candidatura do médico Dr. Leonardo Sá. Incompatibilidade com a pré candidatura.

E tão certa a saída de Zé Arlindo do Partido Progressista que nem o nome dele aparece no convite de uma filiação do seu suposto pré candidato, esqueceram de convidá-lo dessa vez, pois era figurinha carimbada nos convites das filiações passadas.

Vamos aguardar os acontecimentos…

Deixe uma resposta