Saúde – Mais um mutirão foi realizado no Hospital Macro Regional da Baixada Dr. Jackson Lago

0a9f1a3c-7736-4174-a8c6-350910376f8b

Dr. Leonardo Sá realizando exames de Ultrassonografia em paciente ontem no mutirão de saúde no Hospital Dr. Jackson Lago.

O Hospital Macro Regional da Baixada Maranhense Dr. Jackson Lago – através do diretor Dr. Leonardo Sá – realizou o 2º Mutirão de Saúde da Ultrassom “A Fila Andou”, um projeto pioneiro, idealizado pelo médico e diretor do hospital, com o objetivo de acabar com as filas e as demandas reprimidas, minimizando assim um problema histórico da cidade e da baixada como um todo.

O 1º aconteceu no dia 03 de outubro do ano passado. Onde cerca de 1.000 pessoas foram atendidas em consultas com médico clínico, ortopedista, oftalmologista, ginecologista, dentre outras especialidades.

Os procedimentos médicos foram realizados no próprio hospital , Ambulatório do Hospital. Os pacientes que chegavam para serem atendidos passavam por uma triagem para aferição de pressão. A farmácia do hospital funcionou normalmente durante o mutirão.

Na opinião do diretor Dr. Leonardo Sá, que atuou durante a ação realizando as ultrassonografias, “os mutirões sempre serão um sucesso, porque a cada vez, a quantidade de pessoas que estão na fila diminui e, com isso, a demanda reprimida vai reduzindo”.

O paciente Jackson de Souza, que vem sentindo muitas dores no punho, realizou uma ultrassonografia na região. “Graças a Deus realizei o meu exame e não acusou nada. Essas dores são em consequência do meu peso e vou me cuidar para não sofrer tanto”.

De acordo com ele, o mutirão é excelente, por se perceber o esforço do hospital e o do diretor em organizar da melhor maneira possível, para que tudo ocorra bem. Já a paciente Domingas Maria de Jesus procurou um médico clínico por estar sentindo muito cansaço e ter um nódulo no pescoço. Após a consulta, foi realmente detectado o nódulo no pescoço, mas a paciente já foi orientada a realizar diversos exames, com urgência, para investigação.

A paciente Neusa Dantas afirmou que foi muito bem recebida no mutirão, desde a chegada até o atendimento. “Todo mundo está fazendo elogios, falando bem do mutirão. Sei que é o segundo que está acontecendo. Não fui ao primeiro, mas soube que foi muito bom. Vim para um médico clínico, para depois ser encaminhada ao cardiologista. Adorei muito esse mutirão e soube que foi uma ideia do atual diretor Dr. Leonardo Sá, e então eu só tenho a agradecer e parabenizar a todos que organizaram”.

28320b6c-c7ca-48b5-8ee7-d8f86df5896dO segundo mutirão intitulado da Ultrassonografia – foi realizado no sábado (13) e no domingo (14) durante os dois dias foram atendidos mais de 200 pacientes, sendo: 60 consultas cardiológicas, 20 endoscopias, 88 exames de imagens (Ultrassonografias) realizadas pelo Dr. Leonardo Sá. Entre gestantes, homens e crianças todos foram atendidos. Além de alguns procedimentos cirúrgicos que beneficiaram dezenas de outros pacientes.

O diretor do hospital Dr. Leonardo Sá, participou mais uma vez do mutirão realizando consultas de ultrassonografias. “Mais uma vez estou bastante feliz em participar. Nossa missão é essa, cuidar das pessoas e, aos poucos, diminuir essa demanda reprimida, que é um problema histórico na cidade de Pinheiro e da região da baixada maranhense”.

Estamos aqui para servir e servir bem a população de Pinheiro e da baixada, tratando-os como gente e devolvendo o direito mais sagrado que cada um de nós possuímos – A saúde. Afirma Leonardo Sá.

Deixe uma resposta