PINHEIRO – AUMENTO NO PREÇO DO GÁS DE COZINHA ULTRAPASSA O ESTABELECIDO PELA (ANP) E CONSUMIDORES DENUNCIAM FORMAÇÃO DE CARTEL

O preço do gás de cozinha – Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) –
aumentou em 24% para as revendedoras do produto. Com isso, segundo
pesquisa feita pelo Blog, o valor do botijão de gás de 13
quilos (GLP-P13), em Pinheiro, alcançou até R$ 65,00 em todas as revendedoras e o mínimo não existe, posso concluir aos leitores e populares consumidores do bem precioso, que isso virou cartel. 
Na comparação com preços anteriores, a variação ficou entre 7,54% e
20,37%. O preço antigo era R$ 45,00 em todos os estabelecimentos
pesquisados.
De acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás
Natural e Biocombustíveis (ANP), realizado de 23 a 29 de agosto – antes
do aumento – em São Luís, o preço médio do gás de cozinha estava em R$ 30,00 chegando ao máximo de R$ 35,00 .
O aumento de 24% para revendedores se deve ao reajuste médio de 15%
para o gás nas refinarias, anunciado pela Petrobras na última
segunda-feira e que entrou em vigor. 
Além disso, houve aumento médio
anual de 9% referente ao reajuste salarial dos trabalhadores da
categoria. Este é o primeiro aumento do preço do gás de cozinha nas
refinarias desde dezembro de 2002.
O problema pelo qual o consumidor pinheirense esta reclamando e pedindo ajuda aos órgaos de proteção estadual ao consumidor, é o fato do preço do botijão de 13 quilos do gás, só ter sido reajustado em 24% e, este ter chegado a Pinheiro em patamares muito maiores que o estabelecido pela (ANP). Hoje no município o botijão de gás liquefeito (gás de cozinha) custa R$ 65,00 ou seja, quase 10% do salário minimo o que é um desrespeito total para com os consumidores pinheirenses.
Fazendo uma comparação com os preços pesquisados em São Luis capital do estado, que só está distante de Pinheiro em apenas alguns quilômetros, onde o preço mínimo por lá chega a R$ 40,00 e o máximo chega em torno de R$ 45,00 o que podemos comprovar é um absurdo e uma discrepância em termos de valores, pois aqui só tem preço máximo que é R$ 65,00, ou seja, ou compra ou vai para o carvão.
Atenção Procon MA.

Deixe uma resposta