CEMAR FAZ PROPOSTA AO GOVERNO PARA INVESTIR NO PROGRAMA ESCOLA DIGNA

 
O Governo do Estado recebeu a proposta da Companhia Energética do
Maranhão (Cemar) para participar do programa Escola Digna. A Companhia
formalizou junto ao Executivo Estadual um documento propondo a
participação da empresa no programa, por meio da substituição de escolas
de taipa por prédios de alvenaria nos municípios de Codó, Belágua e
Fernando Falcão.
A Cemar manifestou, através de pedido formal e escrito, o interesse
em participar do conjunto de ações prioritárias do Governo do Estado,
como o combate à pobreza extrema nos municípios do Maranhão. Além da
substituição das escolas de taipa pelas de alvenaria, o Escola Digna
prevê a assistência técnico-pedagógica e acompanhamento permanente nas
comunidades escolares.
Aumento salarial, progressão de mais de 12 mil professores, criação
do Programa Escola Digna, dos Institutos Estaduais do Maranhão,
revitalização da Universidade Estadual do Maranhão e o lançamento dos 30
Núcleos de Educação Integral. O principal objetivo do conjunto de ações
educacionais é atender as necessidades essenciais dos alunos e
professores que integram a rede de ensino em todo o estado.

Deixe uma resposta