HOMEM SUSPEITO DE MATAR PRESIDENTE DA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTA LUZIA DO TIDE ESTAR PRESO

A
Polícia Civil, por meio da Delegacia de Santa Luzia do Tide,
identificou através de investigações, o suspeito do homicídio que
vitimou o vereador e presidente da Câmara Municipal de Santa Luzia do
Tide, Cícero Ferreira da Silva, no último dia 3 de maio. O homem
identificado como Osmar Pereira Alves, o ‘Fabiano’, 29 anos, foi preso
na noite desta quinta-feira (21), em uma ação coordenada pela
Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), no Povoado
Olho D’Água do Lapela, zona rural da cidade de Conceição do Lago Açu.
Com ele a polícia apreendeu um revólver calibre 38 que será submetido a
um exame de balística para saber se foi o mesmo utilizado no crime. 
Segundo
o delegado André Gossain, superintendente da Seic, a Justiça expediu um
mandado de prisão preventiva em desfavor de Osmar Pereira Alves, que já
é suspeito de mais dois homicídios praticados em Arame. Ele relatou que
o suspeito, usava vários nomes falsos por cada cidade em que passava.
“Ele foi preso no momento em que jantava na casa do sogro, no Povoado
Olho D’Água do Lapela, com ele apreendemos uma arma que ainda não se
sabe se foi a mesma utilizada para matar o presidente da Câmara
Municipal de Santa Luzia do Tide, Cícero Ferreira da Silva, porém, vamos
submeter a um exame de balística”, explicou o delegado André Gossain.
De
acordo com o delegado, Osmar Pereira, também é acusado de praticar
assaltos nas cidades de Lago da Pedra e Bacabal. O delegado André
Gossain, afirmou que ele estava preso no Complexo Penitenciário de
Pedrinhas pelo respectivo crime, mas teria deixado o presídio no último
dia 14 de abril, por meio de um alvará de soltura expedido pela Justiça.
“Demos cumprimento ao mandado de prisão, sem maiores problemas, uma vez
que o Serviço de Inteligência da Polícia Civil, já monitorava o
suspeito. Osmar Pereira foi autuado ainda em flagrante por porte ilegal
de arma e conduzido para o Centro de Detenção Provisória (CDP), em
Pedrinhas, onde deverá permanecer à disposição da Justiça”, disse o
delegado André Gossain.
Relembre o caso
Cícero
Ferreira da Silva foi vitimado com cinco tiros quando estava em sua
residência, localizada no povoado Faisa, por dois suspeitos que fugiram
em uma motocicleta CG Vermelha. O crime ocorreu no último dia 03.
Baleado, o vereador ainda foi levado para o hospital do município de
Buriticupu, mas chegou sem vida ao Pronto Socorro.

Deixe uma resposta