CRIANÇA MORRE EM SÃO LUIS, APÓS CIRURGIA NO MATERNO INFANTIL DE PINHEIRO!! FOI NEGLICÊNCIA?

Parte frontal do Hospital Materno Infantil de Pinheiro
Mais uma vitima, no insuportável
Hospital Materno Infantil de Pinheiro, desta feita infelizmente, assim como para todos os casos que já
ocorreram lá, a vitima agora foi a criança de iniciais P.R filho do Sr. Jesiel Lobato e da Sra. Ana, funcionário do Sistema Pericumã de
noticias.
Após informações colhidas por este blog, a criança  passou por uma intervenção cirúrgica ontem a tarde para corrigir uma Hérnia de disco, após a cirurgia já a noite, a criança começou a apresentar um quadro muito grave com várias complicações,  a cirurgia teria sido feita pelo Dr. Lima, tudo acompanhado de perto pelo Pai Jesiel.
Percebendo a gravidade do caso que envolvia a criança,
Jesiel encaminhou o seu filho para São Luís, nas primeiras horas da manhã de hoje (16), em uma Ambulância do SAMU, em viagem já na capital a caminho do hospital o
menor teria registrado um quadro de convulsões repetidas vezes, e não resistindo veio a óbito. A Mãe, insistiu para que a criança fosse levado direto até o IML, queria saber as causas reais que teriam levado o seu filho a vim a óbito.
A sociedade pinheirense está estarrecida com esse
acontecimento, mais também está cobrando a elucidação de todos os outros casos
que já ocorreram, e que foram amplamente noticiados nos meios de comunicação de
Pinheiro, pelo menos aqueles comprometidos em mostrar uma realidade que só nós pinheirenses
sabemos e, não gostaríamos de estar passando.
Será que para o governo municipal vai ser mais um caso para
colocar nos anais estatísticos da mortandande de crianças no HMI, porque com
certeza para a família será uma grande perda, que jamais será superada. Um
filho, uma criança indefesa, que acreditava nos Pais para cuida-lo, um Pai, uma
Mãe,  que acreditaram na Medicina para
buscar a cura do seu filho, mais a saúde, essa mesma que é pregada aos quatros ventos, como
a melhor já praticada em nossa cidade nos últimos tempos, essa, está na UTI, com Câncer
em estado terminal, e tudo acaba em tragédia. Neste momento de dor, nos colocamos no lugar da família, e o único
sentimento que sentimos nesse instante é de revolta.
Esse caso infelizmente não é, e não será o ultimo que
aconteceu no Materno Infantil. Entretanto, o que sabemos é que todas as
informações sobre óbitos e outros absurdos que acontecem com crianças nesse
local, são jogadas para embaixo do tapete. 
A negligência ocorrida com a criança hoje, tomou contornos de revolta geral na sociedade, talvez até pela falta de explicação que ninguém até agora deu, e os usuários
já ficam com medo de levar as suas crianças até o HMI, casos como esse que
aconteceu com a criança, que é filho de um funcionário de uma empresa do
prefeito de Pinheiro. Não podem e nem deve cair no esquecimento, e se for um filho nosso? que não trabalhamos para prefeito algum? o que poderia acontecer conosco? ou melhor dizendo, com nossas crianças. 
E agora, mais uma vez a sociedade clama por respostas, então cadê vocês
Promotoria publica e Conselho regional de Medicina do Maranhão? onde estão? Já é passada a hora de agir! pois, ai
está um caso claro de negligência, se é preciso alguém ter que provocar, a
sociedade já está provocando há muito tempo.
O corpo da criança ainda está no IML aguardando a liberação, e também a entrega do Laudo que vai dizer as reais causa mortis.

Deixe uma resposta