Pinheiro – Moradores dos interiores podem ficar isolados se as estradas vicinais nao forem recuperadas logo.

Com a chegada das fortes chuvas as estradas vicinais do município de Pinheiro, a exemplo
do que acontece todos os anos, mas, a falta de manutenção das mesmas tem
deixado muitos povoados completamente isolados.
Moradores da maioria dos
povoados já estão revoltados, alguns inclusive estão se reunindo em mutirão para consertarem trechos e darem transitabilidade e acesso às suas comunidades. 

Outro
problema que enfrentarão logo, logo, é a falta dos alunos nas escolas devido às péssimas
condições das estradas, é que como a educação no interior de Pinheiro funciona
em polos, os povoados vizinhos levam estudantes através do transporte escolar e
alguns povoados ficam distantes dos polos. 
Com as estradas cortadas o
transporte escolar não aparece e os estudantes são obrigados a ficarem em casa
e perdendo aulas. 
Nas comunidades de São Caetano, Tingidor, São Paulo,
Campo Novo, Buriti, Barros, Olho Dágua, Andirobal, Cajazeiras, Bom Viver e Ribeirão Sítio, as estradas que ligam esses povoados estão intrafegaveis e, essas comunidades já se organizaram para concertar as
estradas com as próprias forças. 
A grande maioria dos povoados estão ameaçados
de ficar isolados se continuar chovendo com essa frequência atualmente na região. As
partes criticas estão naqueles que são ligados por barragens ou bueiros. Até o
momento os pedidos à Secretaria de Infra Estrutura tem sido sem resultados e a
prefeitura nem se manifesta a respeito da recuperação das estradas vicinais do
município de Pinheiro.
Alguns vereadores já chamaram a atenção do Prefeito para a problemática, haja vista, que os mesmos estão percebendo que essa situação será quase insustentável, caso aconteça os rompimentos dessas estradas. Alguns edis, até mesmo da base aliada do Prefeito já se pronunciaram de forma a cobrar uma atitude urgente por parte da SINFRA.

Deixe uma resposta